DILIGÊNCIAS PREVENTIVAS – O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE FECHAR UM NEGÓCIO?

São poucos os consumidores que se preocupam com diligências preventivas ao efetuar uma compra ou contratar um serviço. Contudo, conhecer os custos antecipadamente ou prever as despesas é uma boa técnica para evitar compras por impulso e novos problemas. Afinal, grandes diferenças de preço podem ser irrisórias se o produto que comprou ou serviço que contratou der problemas de qualidade ou ocorrer a inadimp

ARREPENDIMENTO – POSSO DEVOLVER O PRODUTO E PEGAR MEU DINHEIRO DE VOLTA?

Já lhe ocorreu de se encantar com a propaganda de um produto na TV ou na internet mas depois da compra sentir arrependimento? Primeiro você imagina, verifica que o preço está ao seu alcance, melhor, em promoção com condições imperdíveis. Por impulso você compra o produto, mas quando é entregue vem aquele arrependimento: “não é o que eu imaginava” ou “se soubesse que o produto era esse não teri

DIREITO DE TROCA – A LOJA É SEMPRE OBRIGADA A TROCAR O PRODUTO?

Para fidelizar a clientela é costume das lojas oferecer a seus clientes o direito de troca do produto. O cliente poderá voltar na loja e trocar o que comprou dentro de um prazo de dois a cinco dias. Trata-se de uma troca para satisfação e conveniência do consumidor! Pode ser uma roupa que não serviu, um item que o amigo presenteado já possuía, um equipamento comprado por equívoco e tantas outras situ

GARANTIA E O DIREITO DE TROCA – COMO FUNCIONA?

Garantia é preocupação recorrente do consumidor na compra de qualquer produto ou item pessoal, automóveis ou imóveis. Afinal, frustrante é a compra de um produto com defeito, que simplesmente não funciona! Mais frustrante ainda é buscar a loja e esta empurrar o cliente para a assistência técnica do fabricante. O consumidor é então obrigado a ficar sem o que comprou por longo tempo. Nes

CONTRATO DE PERMANÊNCIA E FIDELIDADE – QUAIS AS REGRAS?

Ao contratar um serviço o consumidor frequentemente se depara com o contrato de permanência. É um instrumento de  fidelização de clientes, com destaque para telefonia e TV por assinatura. Trata-se de prática antiga em que a operadora oferece ao cliente um benefício como tarifas inferiores, um aparelho novo, um bônus, além de outras vantagens. Em troca exige a permanência do cliente no

COMPRAS NO EXTERIOR – COMO FUNCIONA A GARANTIA?

Para conseguir os melhores preços, o consumidor tem aproveitado a opção de realizar compras no exterior. Aproveitar viagens, usar contatos e amigos, ou valer-se de um site de compras têm se tornado cada vez mais tentador! Mas este produto tem garantia? E se acontecer algum acidente de consumo com o produto? Um defeito pode colocar em risco a saúde, a segurança ou a vida do comprador e sua família!

GOLPE DO BOLETO – DESCUIDO DA VÍTIMA OU CULPA DA EMPRESA?

O golpe do boleto bancário ocorre quando o cliente é enganado recebendo um boleto falso! O consumidor, por exemplo, compra um produto que não é entregue. Ao reclamar, descobre que pagou um boleto falso. Os valores pagos não foram encaminhados para o vendedor, mas para terceiros laranjas ou fraudadores. Há também boletos encaminhados diretamente por criminosos para o endereço dos clientes. O consumidor

DEFEITO – POSSO TROCAR OU TER O DINHEIRO DE VOLTA?

Você sabe muito bem o quanto comprar um produto com defeito é frustrante! Por esse motivo, ao constatar o defeito muitos consumidores vislumbram a possibilidade de desistir da compra e ter o dinheiro de volta! A frustração pode ocorrer na compra de um eletrônico, um eletrodoméstico, uma roupa, um alimento, ou mesmo na compra de um automóvel ou um imóvel. Neste post você vai entender: Quando há defe

TIME SHARE – COMO TER SEU DINHEIRO DE VOLTA?

O sistema “time share” ou “time sharing” é aquele pacote promocional de diárias de hotéis geralmente oferecido quando você está em férias em hotéis ou resorts. Também é oferecido por telefonemas após indicação de um amigo. Mediante venda emocional lhe prometem viagens garantidas por pelo menos cinco anos para diferentes hotéis com destinos nacionais e internacionais. Usando abordagens agres

DINHEIRO DE VOLTA – SETE SITUAÇÕES QUE O CONSUMIDOR TEM DIREITO!

São frequentes as situações que o consumidor quer ser ressarcido com seu dinheiro de volta. Compras por impulso, defeitos no produto e danos materiais ou morais levam o consumidor a buscar seus direitos. Há também situações de compra de bens de elevado valor, como imóveis, com grave lesão aos direitos do consumidor. Contratos complexos e informação insuficiente muitas vezes escon