SERVIÇOS BANCÁRIOS – CONHEÇA SETE DIREITOS!

Você está tendo problemas com bancos e seus serviços bancários? O consumidor vivencia verdadeiras ciladas: juros elevados; contratos com cláusulas abusivas; inflexibilidade na renegociação de dívidas; quebra de sigilo bancário; falta de segurança das instalações, entre outros problemas. Recomendamos que fique atento aos abusos e procure seus direitos do consumidor! Por esse motivo, listamos abaixo s

DÍVIDAS – POSSO PERDER MEU IMÓVEL?

Dúvida comum e preocupação constante dos que possuem dívidas é o risco de perderem seus bens. A preocupação geralmente recai sobre o imóvel em que residem, devido à moradia da família e ao vínculo emocional. Alguns consumidores já vivenciaram, por exemplo, a busca e apreensão do veículo que possuem pelo atraso das prestações. É situação traumática, com prejuízo emocional ao devedo

DÍVIDAS BANCÁRIAS – O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA NEGOCIAR?

O que fazer quando as dívidas bancárias destroem o orçamento e comprometem a sobrevivência da família? Muitos consumidores entraram numa cilada e lidam com o desafio de ter todo seu salário comprometido com dívidas. Afinal, os juros do cheque especial ou cartão de crédito são exorbitantes e acabam comprometendo todo o salário. Neste post você vai entender: Quais os Direitos do Consumidor e o que pre

DÍVIDAS BANCÁRIAS – PODEM BLOQUEAR SALÁRIO OU BENEFÍCIO DE PREVIDÊNCIA?

Muitos consumidores com dívidas bancárias possuem dúvidas sobre o bloqueio extrajudicial e o bloqueio judicial de salários e benefícios previdenciários. O bloqueio extrajudicial ocorre quando o banco comete o abuso de bloquear o salário ou o benefício de previdência de seus clientes valendo-se de alguma cláusula que inseriu nos contratos de financiamento ou empréstimo para cobrança de dívidas banc

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO – COMO SE PROTEGER DE FRAUDES?

Atraídos pelos juros menores e as facilidades na contratação, aposentados e pensionistas do INSS gostam do empréstimo consignado. Contudo, embora o desconto direto da dívida na folha de pagamento seja uma vantagem, com redução dos custos com juros e outras tarifas, facilita as fraudes, dada a dificuldade de controlar os descontos. Em adição, há a indústria de assédio aos aposentados e pensionistas o

COBRANÇA DE DÍVIDAS – QUAIS OS LIMITES E OS DIREITOS DO INADIMPLENTE?

É correto e honesto que as dívidas sejam pagas! Para isso existem instrumentos de cobrança de dívidas legítimos à disposição do credor. O problema é que muitos credores querem causar constrangimento no devedor. Telefonam ao inadimplente em seu local de trabalho, para amigos e parentes, e deixam recados sobre as dívidas. Há também a cobrança digital, com mensagens gravadas, que importunam

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO – O HERDEIRO PODE SER COBRADO?

É frequente a cobrança pelos bancos da dívida de empréstimo consignado dos herdeiros do falecido. Querem aproveitar, por exemplo, da pensão por morte transferida ao dependente! Além de cobrar dos herdeiros chegam à situação extrema de inscrever o falecido e os herdeiros como inadimplentes nos cadastros SPC e SERASA. Neste caso, quais os direitos do consumidor? Quem paga as dívidas com o

DÍVIDAS ANTIGAS PODEM SER COBRADAS?

Aumentam as reclamações dos consumidores com a cobrança de dívidas antigas, também chamadas de prescritas. Bancos, administradoras de cartões de crédito, companhias telefônicas, entre outros, vendem créditos antigos, eventualmente não pagos, para empresas de cobrança. Os novos credores começam então a importunar o devedor insistentemente! Telefonam para seu lar ou trabalho a todo mo

INADIMPLÊNCIA – QUAIS OS DIREITOS DO ALUNO?

Inadimplência com instituição de ensino – Quais os Direitos do Consumidor? Esta é pergunta recorrente das famílias com desequilíbrio financeiro. Em algumas situações a inadimplência com escola ou universidade traz uma tremenda dor de cabeça. Neste post você vai entender: Quais os direitos de um aluno com mensalidades em atraso?Poderá a instituição de ensino (escola ou univ

CONTA CORRENTE INATIVA – BANCOS PODEM COBRAR TARIFAS?

A manutenção da conta corrente inativa tem se tornado comum entre os bancos! Quando há mudança de domicílio, mudança de emprego ou outros problemas pessoais o consumidor talvez se esqueça de uma conta corrente que possui. Depois de algum tempo, talvez meses ou anos, começa a receber cobranças do banco ou de empresas terceirizadas de cobrança. Descobre então que possui uma dívida com valor