PLANEJAMENTO PARA APOSENTADORIA – COMO TER UMA APOSENTADORIA TRANQUILA?

Realizar um planejamento para aposentadoria não é uma meta que está na agenda da maioria dos brasileiros. Por se tratar de um evento futuro e de longo prazo a realidade é que o brasileiro não se preocupa com a velhice, embora almeje a aposentadoria precoce. O problema é que a legislação brasileira está dificultando cada vez mais a aposentadoria. A tendência é o brasileiro se aposentar mais tarde, com um salário menor. Por esse motivo é muito importante o planejamento financeiro. Neste post você vai entender: por que se preocupar com o futuro antes que seja tarde demais?

Planejamento para Aposentadoria
Planejamento para Aposentadoria

PLANEJAMENTO DA APOSENTADORIA – POR QUE SE PREOCUPAR ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS?

Pela nova legislação, conforme a Reforma da Previdência, o direito à aposentadoria inicia-se aos 65 (sessenta e cinco) anos de idade para os homens, com pelo menos 20 (vinte) anos de contribuição, e aos 62 (sessenta e dois) anos para as mulheres, com pelo menos 15 (quinze) anos de contribuição.

O benefício foi reduzido para 60% (sessenta por cento) da média salarial de todo o histórico profissional, com direito a um acréscimo de 2% (dois por cento) para cada ano de contribuição que exceder o período mínimo. Ou seja, para ter direito a um salário correspondente a 100% (cem por cento) da média salarial o trabalhador precisará trabalhar mais 20 (vinte) anos além do período mínimo.

Observe que a média salarial mencionada não é o salário da ativa, mas a média de todos os salários incluindo o período de início da carreira, em que a remuneração é menor. Lembre-se também que o Regime Geral da Previdência Social não permite aposentadorias com salários superiores ao teto estabelecido na legislação.

Evidente, portanto, que a nova legislação previdenciária foi idealizada para reduzir o valor do salário das aposentadorias à metade. Observe também que os valores das pensões por morte tiverem seus salários reduzidos a ¼ (um quarto) da média salarial. Mas não se surpreenda se em breve resolverem aumentar a idade mínima da aposentadoria para 70 (setenta) ou 75 (setenta e cinco) anos e resolverem diminuir ainda mais os valores dos salários.

Por esse motivo, embora a contribuição previdenciária seja obrigatória e é muito importante que os trabalhadores se preocupem com o vínculo previdenciário para ter direito ao seguro social, é fato da realidade a necessidade de uma renda complementar na aposentadoria ou para os dependentes.

PLANEJAMENTO PARA A APOSENTADORIA – É POSSÍVEL SUBSTITUIR O INSS PELA PREVIDÊNCIA PRIVADA?

Livrar-se do encargo da contribuição previdenciária para o INSS e substituir o INSS pela Previdência Privada tem sido uma pergunta frequente dos consumidores que acabam não vendo vantagens na Previdência Pública.

Contudo, é importante saber que de acordo com a legislação previdenciária a Previdência Privada é complementar à Previdência Pública. Por esse motivo, juridicamente, não é possível contratar a Previdência Privada e se desvincular da Previdência Pública, deixando de contribuir para o INSS.

É recomendado que os profissionais autônomos ou empreendedores se inscrevam no INSS e efetuem as contribuições mensais para ter acesso aos benefícios previdenciários. São Segurados da Previdência Social os empregados, os trabalhadores avulsos, os contribuintes individuais e os trabalhadores rurais. As donas de casa e os estudantes a partir de 16 (dezesseis) anos também podem se inscrever na Previdência Social como facultativos.

Com a inscrição e o recolhimento regular das contribuições previdenciárias é possível, em um segundo momento, fazer um planejamento para aposentadoria com a inclusão da previdência complementar e do seguro de vida, garantindo um patrimônio complementar e o amparo em situações de óbito, invalidez ou doença.

COMO TER UMA APOSENTADORIA TRANQUILA?

Para um bom planejamento da aposentadoria é importante ter um entendimento correto da legislação previdenciária e realizar um planejamento financeiro.

Através da consultoria previdenciária é possível a simulação antecipada do benefício do INSS nas regras existentes. Este cálculo previdenciário ajuda o trabalhador ou segurado do INSS a ter uma ideia da legislação e tomar decisões esclarecidas. É possível, por exemplo, prever qual será a aposentadoria mais vantajosa e o tempo de trabalho necessário para aumentar o valor do salário na aposentadoria.

Através da consultoria previdenciária é possível, também, a organização dos documentos previdenciários e a correção de eventuais irregularidades cadastrais, como o recolhimento de períodos inadimplentes antigos, para não ser surpreendido no momento de aposentar com situações que prejudiquem direitos.

Outra dica também é elaborar um planejamento para aposentadoria valendo-se de poupança e investimento, quer seja através da Previdência Privada, Fundos de Investimento ou Empreendedorismo. Através do investimento em renda passiva, com a acumulação própria de patrimônio investindo em ativos mobiliários e imobiliários, é possível uma fonte complementar de recursos financeiros, dando mais qualidade de vida ao aposentado.

Elaboramos sugestões de leitura que poderão ajudá-lo a dar os passos iniciais no planejamento para a aposentadoria. Este é um passo muito importante levando-se em conta que a aposentadoria é um projeto de toda uma vida.

O primeiro livro que sugerimos é Tempo é dinheiro. Garanta a sua aposentadoria antes que seja tarde demais. É um livro de baixo custo mas com bom conteúdo e que ensina a fazer um planejamento de longo prazo para a aposentadoria. É um livro que objetiva dar muito conhecimento ao leitor com um baixo investimento, ensinando como vencer o desafio da formação da aposentadoria própria.

O segundo livro que recomendamos é Como Organizar sua Vida Financeira. O autor escreve com o objetivo de ajudar o leitor a chegar ao valor do patrimônio ideal para obter a tão sonhada aposentadoria, chamada de independência financeira. Aborda temas sobre como fazer a Declaração do Imposto de Renda, qual a melhor maneira de administrar as dívidas, como utilizar o crédito a seu favor, quando vale a pena fazer seguros e quais são os melhores investimentos para garantir a independência financeira.

O terceiro livro que recomendamos é Mais tempo, mais dinheiro. São dois autores que abordam conceitos de finanças pessoais e gestão de tempo, ajudando a estabelecer técnicas de organização pessoal e produtividade. Acaba sendo um livro bem trabalhado no modelo dois em um com temas essenciais em nossa vida.

Por fim recomendamos também o livro Adeus Previdência! – Prepare-se para se aposentar por conta própria ou encare as consequências. O autor elabora um livro bem completo e de baixo custo ajudando o leitor a realizar um planejamento financeiro adequado com o consumo consciente, gestão de dívidas, seguros, previdência privada e investimentos. É um livro que vale a pena ler!

Leia também
APOSENTADORIA – COMO CONSEGUIR RENDA E REALIZAR SEUS SONHOS?
Renda na Aposentadoria

A tão sonhada aposentadoria é o resultado de planejamento financeiro com estratégias de renda, além de foco e esforço para Read more

SERVIÇO MILITAR CONTA PARA APOSENTADORIA?
Planejamento de Aposentadoria - Serviço Militar

Muitos que estão em vias de se aposentar ou interessados no planejamento de aposentadoria perguntam se é possível contar o Read more

PLANEJAMENTO FINANCEIRO – ORGANIZE SUA VIDA E SAIA DAS DÍVIDAS!
Planejamento Financeiro

Realizar o planejamento financeiro é uma tarefa necessária se você quer sair das dívidas e ter uma vida mais tranquila! Read more

CONFUSÃO PATRIMONIAL – POR QUE SEPARAR A EMPRESA DOS SÓCIOS?
Gestão Financeira e Confusão Patrimonial

Para você que planeja profissionalizar a sua empresa, sugerimos tomar medidas para evitar a confusão patrimonial. É muito importante dar Read more