DEFEITO NO IMÓVEL E A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Encontrar grave defeito no imóvel recém adquirido é frustrante para o consumidor. De fato, a compra do imóvel na planta pode ser uma verdadeira armadilha, passando de sonho a pesadelo! É comum o consumidor se deparar com os seguintes problemas: atraso na entrega da obra; péssimo acabamento; materiais de qualidade inferior, problemas estruturais; áreas públicas não entregues; caixas d’água cont

SERVIÇOS BANCÁRIOS – CONHEÇA SETE DIREITOS!

Problemas com serviços bancários? O consumidor vivencia verdadeiras ciladas: juros elevados; contratos com cláusulas abusivas; inflexibilidade na renegociação de dívidas; quebra de sigilo bancário; falta de segurança das instalações, entre outros problemas. Recomendamos que fique atento aos abusos e procure seus direitos do consumidor! Por esse motivo, listamos abaixo sete direitos que o consumidor pr

DÍVIDAS BANCÁRIAS – O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA NEGOCIAR?

O que fazer quando as dívidas bancárias destroem o orçamento e comprometem a sobrevivência da família? Muitos consumidores entraram numa cilada e lidam com o desafio de ter todo seu salário comprometido com dívidas. Afinal, os juros do cheque especial ou cartão de crédito são exorbitantes e acabam comprometendo todo o salário. Neste post você vai entender: Quais os Direitos do Consumidor e o que pre

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO – COMO SE PROTEGER DE FRAUDES?

Atraídos pelos juros menores e as facilidades na contratação, aposentados e pensionistas do INSS gostam do empréstimo consignado. Contudo, embora o desconto direto da dívida na folha de pagamento seja uma vantagem, com redução dos custos com juros e outras tarifas, facilita as fraudes, dada a dificuldade de controlar os descontos. Em adição, há a indústria de assédio aos aposentados e pensionistas o

PROTEÇÃO VEICULAR NÃO É SEGURO! O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE CONTRATAR?

Os consumidores têm se interessado cada vez mais pela proteção veicular. De fato, a diferença de valores é significativa! E a proteção veicular, na maioria dos casos, promete coberturas similares ao contrato de seguro. Por esse motivo, muitos têm vislumbrado uma boa ferramenta para reduzir custos do orçamento familiar. Para o consumidor desatento não existe diferença entre proteção e seguro.

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO – O HERDEIRO PODE SER COBRADO?

É frequente a cobrança pelos bancos da dívida de empréstimo consignado dos herdeiros do falecido. Querem aproveitar, por exemplo, da pensão por morte transferida ao dependente! Além de cobrar dos herdeiros chegam à situação extrema de inscrever o falecido e os herdeiros como inadimplentes nos cadastros SPC e SERASA. Neste caso, quais os direitos do consumidor? Quem paga as dívidas com o

DÍVIDAS ANTIGAS PODEM SER COBRADAS?

Aumentam as reclamações dos consumidores com a cobrança de dívidas antigas, também chamadas de prescritas. Bancos, administradoras de cartões de crédito, companhias telefônicas, entre outros, vendem créditos antigos, eventualmente não pagos, para empresas de cobrança. Os novos credores começam então a importunar o devedor insistentemente! Telefonam para seu lar ou trabalho a todo mo

BANCOS E SERVIÇOS NÃO SOLICITADOS – QUAIS OS DIREITOS DO CONSUMIDOR?

Como você deve saber, os bancos são mestres em disponibilizar produtos ou serviços não solicitados. Quem, por exemplo, nunca recebeu em sua correspondência cartão de crédito não solicitado? Ou nunca teve descontado no extrato bancário apólices de seguro não contratadas? Outra prática recorrente é disponibilizar em conta corrente empréstimos ou cheque especial sem qualquer pedido do cliente n

SAIDINHA DE BANCO – QUAIS OS DIREITOS DO CONSUMIDOR?

Além dos golpes e fraudes o cliente bancário também precisa se preocupar com situações perigosas, como a “saidinha de banco”. O assalto logo depois do saque na agência ou no caixa eletrônico, preocupa o consumidor. Quando o delito ocorre o banco possui responsabilidade? Neste post você vai entender: Quais os direitos do consumidor nos assaltos dentro e fora da agência bancár

CONTA CORRENTE INATIVA – BANCOS PODEM COBRAR TARIFAS?

A manutenção da conta corrente inativa tem se tornado comum entre os bancos! Quando há mudança de domicílio, mudança de emprego ou outros problemas pessoais o consumidor talvez se esqueça de uma conta corrente que possui. Depois de algum tempo, talvez meses ou anos, começa a receber cobranças do banco ou de empresas terceirizadas de cobrança. Descobre então que possui uma dívida com valor